Blog

Pasep Militares 2023: Decisão do STJ para Forças Armadas e Policiais Militares

Compreenda o impacto da decisão histórica do STJ em 2023 sobre PASEP nas Forças Armadas, Polícia e Bombeiro militar. Veja as mudanças e aprenda como garantir as revisões!

Pasep militar

Ação judicial Pasep: Caros, servidores públicos e militares, temos uma grande novidade para compartilhar!

Recentemente, o STJ tomou uma decisão que afeta diretamente os militares das Forças Armadas e os Policiais Militares em relação ao PASEP.

O STJ reconheceu o Banco do Brasil como responsável por possíveis falhas no PASEP e estendeu o prazo para buscar ressarcimento para 10 anos.

Vamos explorar todos os detalhes desta decisão e entender como ela pode beneficiar os servidores públicos e militares. É uma oportunidade para corrigir valores devidos e buscar a justiça que merecemos.

AÇÃO PASEP: CORREÇÃO E ATUALIZAÇÃO PARA SERVIDORES MILITARES

A decisão histórica do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre o PASEP, ocorrida em 13 de setembro de 2023, trouxe um raio de esperança para os servidores militares em todo o Brasil. Esta decisão do STJ aborda questões cruciais relacionadas à AÇÃO REVISIONAL DO PASEP, afetando diretamente os militares que contribuíram para o programa.

A partir desta decisão, todos os processos de revisão do PASEP, que estavam suspensos, voltam a tramitar, oferecendo aos servidores militares a oportunidade de buscar justiça e correção dos valores devidos em relação ao PASEP.

PASEP para Servidores Militares: Entenda o contexto histórico.

O PASEP, que significa Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, foi criado pela Lei Complementar nº 8, em 3 de dezembro de 1970. Este programa tinha como objetivo proporcionar aos servidores públicos, incluindo civis e militares, a oportunidade de participar nos resultados financeiros de órgãos e entidades do governo.

O PASEP foi instituído como uma contrapartida ao Programa de Integração Social (PIS), que atendia os trabalhadores do setor privado. Enquanto o PIS era administrado pela Caixa Econômica Federal, o PASEP era gerenciado pelo Banco do Brasil.

Diferentemente do PIS, que era voltado para trabalhadores do setor privado, o PASEP era exclusivo para funcionários públicos, incluindo os militares das Forças Armadas.

Os recursos do PASEP eram depositados em um fundo comum, e não havia uma “conta” individual para cada servidor militar, até a promulgação da Constituição Federal de 1988. A partir da Constituição Federal, os recursos do PASEP foram destinados a diferentes finalidades, incluindo o custeio do Programa do Seguro-desemprego e do Abono Salarial.

Quem Tem Direito à Ação Revisional do PASEP?

Todos os servidores militares que ingressaram no serviço público antes de 18 de agosto de 1988 e que tomaram conhecimento do desfalque em suas contas há menos de 10 anos têm direito a buscar reparação. 

Antes de entrarmos em detalhes sobre a PASEP Ação Revisional, é crucial entender quem são os militares que podem se beneficiar dessa ação. Em 2023, os direitos dos servidores militares estão em pauta, e é fundamental saber se você se encaixa nesse perfil. A ação revisional pode ser aplicável aos seguintes grupos:

  1. Militares Reformados: Mesmo os militares da reserva podem ter direito a revisões em seus vencimentos e benefícios relacionados ao PASEP, garantindo uma renda mais justa e adequada para sua aposentadoria.
  2. Pensionistas: Se você é beneficiário de uma pensão de um militar falecido, também pode ter direito à ação revisional PASEP, buscando a correção dos valores para garantir um suporte financeiro adequado.
  3. Herdeiros: Herdeiros de militares podem reivindicar ação revisional PASEP para proteger o patrimônio deixado pelos entes queridos, assegurando que os recursos sejam corretamente ajustados.

O Banco do Brasil e sua Responsabilidade

Uma das principais implicações desta decisão é o reconhecimento do Banco do Brasil como a entidade responsável por eventuais falhas na prestação de serviços relacionados ao PASEP. Isso significa que os militares prejudicados podem buscar reparação junto ao banco por quaisquer erros ou omissões relacionados aos seus fundos PASEP.

Prazo Prescricional Estendido

Outro ponto crucial estabelece um prazo prescricional de dez anos, conforme o artigo 205 do Código Civil, para ressarcimento de danos em razão de desfalques no PASEP. Este prazo começa a contar a partir do momento em que o titular toma ciência dos desfalques realizados em suas contas individuais do PASEP.

Retomada dos Processos de Revisional

A decisão unânime da Primeira Seção do STJ põe fim à suspensão dos processos de revisão do PASEP em todo o país, permitindo que os servidores militares busquem a correção dos valores devidos em relação ao programa.

Ação Revisional do PASEP para Servidores Militares: Sua importância. 

Os servidores militares que contribuíram para o PASEP enfrentaram problemas semelhantes aos dos servidores civis. Ao sacarem seus valores, muitos perceberam que os montantes estavam corrigidos por índices inadequados que não refletiam adequadamente a inflação do período.

Além disso, o Banco do Brasil, responsável pela administração dos recursos, não depositou parte dos rendimentos nas contas individuais dos servidores militares, em muitos casos. Houve também a correção dos valores utilizando índices inferiores aos previstos em lei, e saques indevidos ocorreram nas contas individuais.

Isso resultou em servidores militares recebendo menos do que tinham direito, devido à correção inadequada que não compensou a perda do poder aquisitivo da moeda ao longo do tempo.

Em resposta a essas injustiças, surgiram as ações revisionais do PASEP, nas quais os servidores militares buscam a diferença entre o valor que sacaram e o valor que acreditam ser correto, com base em uma correção monetária adequada.

PASEP para Servidores Militares: O que é  Como Funciona a Ação Judicial?

A Ação Judicial do PASEP é um processo meticuloso e requer uma abordagem cuidadosa em cada uma de suas etapas. A primeira etapa é a escolha do advogado ou escritório de advocacia especializado na Ação Revisional do PASEP. Esta escolha é fundamental, pois determinará o sucesso do processo.

O próximo passo envolve a obtenção dos extratos da conta PASEP junto ao Banco do Brasil, que disponibiliza os extratos posteriores ao ano de 1999 no mesmo dia. Para períodos anteriores a 1999, é necessário solicitar os extratos de PASEP microfilmados, que são entregues em aproximadamente 30 dias.

Com os extratos em mãos, um advogado especializado ou contador elaborará uma planilha detalhada com as correções monetárias e os saques indevidos ocorridos durante o período em questão.

A ação judicial é então formalmente ingressada, e a documentação é apresentada ao tribunal competente. A partir desse ponto, o processo seguirá seu curso normal, e o tribunal analisará os argumentos e as evidências apresentadas para determinar o valor devido ao servidor militar.

A Decisão do STJ: Um Novo Capítulo para a Ação Revisional do PASEP

A decisão unânime do STJ em 13 de setembro de 2023 é um marco importante para a Ação Revisional do PASEP. Ela reabre a porta para que os servidores militares busquem justiça e correção dos valores devidos em relação ao PASEP.

Os servidores militares prejudicados agora têm a oportunidade de buscar reparação junto ao Banco do Brasil por quaisquer erros ou omissões relacionados aos seus fundos PASEP. Além disso, o prazo prescricional estendido de dez anos oferece uma janela mais ampla para que eles apresentem suas reivindicações.

A Ação Revisional do PASEP é um processo complexo que requer conhecimento especializado e a assistência de profissionais qualificados, como advogados ou contadores especializados na área. Portanto, é fundamental que os servidores militares afetados busquem orientação legal adequada ao considerar uma ação judicial para corrigir os valores do PASEP.

Nota Importante: As informações fornecidas aqui têm fins informativos gerais e não constituem aconselhamento jurídico ou financeiro. Para obter orientação jurídica específica sobre a Ação Revisional do PASEP, é importante consultar um advogado especializado na área. Além disso, as leis e regulamentos podem mudar ao longo do tempo, e é importante verificar se as informações fornecidas ainda são aplicáveis às circunstâncias atuais.

Quais Documentos Necessários para Ingressar com a Ação Revisional do PASEP?

Os servidores militares que desejam ingressar com a Ação Revisional do PASEP devem reunir a documentação necessária, que inclui:

  • Extrato da conta PASEP com o pagamento (caso tenham recebido);
  • Extratos de PASEP em microfilmagem;
  • Portaria de aposentadoria;
  • Documentos pessoais, como RG, CPF (caso não esteja incluído no RG), comprovante de residência atualizado, e os três últimos contracheques atualizados ou outro comprovante de renda.
Ação Revisional Pasep: Revisão para Servidores Militares e Suas Particularidades?

Agora que sabemos quem pode se beneficiar da PASEP Ação Revisional, vamos explorar como essa ação funciona e quais são suas particularidades para os servidores militares.

A ação revisional é um processo legal que busca reavaliar os vencimentos e benefícios de servidores militares em busca de possíveis erros ou omissões que possam ter afetado seus direitos financeiros ao longo dos anos. Cada grupo possui particularidades importantes veremos algumas:

  1. Militares das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica): Os militares das Forças Armadas dedicam suas vidas à defesa do país, e suas remunerações podem variar de acordo com o posto e a carreira. A Ação PASEP pode ser aplicável a esses servidores quando há revisões nos critérios de cálculo do benefício, especialmente no que diz respeito às gratificações e adicionais incorporados ao longo do tempo de serviço.
  2. Polícia Militar (PM): Os membros da Polícia Militar desempenham um papel crucial na manutenção da ordem e segurança pública em nível estadual. Para eles, as revisões do PASEP podem estar relacionadas a questões de remuneração, como adicionais por tempo de serviço e promoções, que podem influenciar diretamente o valor do benefício.
  3. Bombeiros: Os bombeiros desempenham um papel heróico ao combater incêndios e prestar assistência em situações de emergência. Eles também podem ser beneficiários da Ação PASEP, especialmente quando há alterações na legislação relacionada aos seus direitos e benefícios previdenciários.
  4. Brigada Militar: Os membros da Brigada Militar, responsáveis pela segurança pública em nível estadual, enfrentam desafios únicos em seu trabalho. Mudanças nas gratificações e remuneração podem impactar sua elegibilidade para a revisão do PASEP.

As particularidades de cada grupo de servidores militares tornam essencial uma compreensão precisa das leis e regulamentos que regem seus direitos.

Para garantir que seus direitos sejam protegidos de maneira eficaz, é altamente recomendável buscar a orientação de um advogado especializado em direito militar, que possa analisar seu caso individualmente e aplicar as teses jurídicas relevantes para buscar a melhor solução para você.

Nosso Compromisso com Você

Na Reis Advocacia, estamos comprometidos em ajudar os servidores militares a garantir seus direitos em relação à PASEP Ação Revisional. Nossos advogados especializados possuem ampla experiência em casos envolvendo militares e estão prontos para orientá-lo em todos os passos do processo.

Para saber como podemos ajudá-lo a obter os benefícios que você merece, entre em contato conosco. Nossa equipe está à disposição para esclarecer suas dúvidas, analisar seu caso e iniciar os procedimentos necessários para a ação revisional PASEP.

Em 2023, os direitos dos servidores militares estão em foco, e a PASEP Ação Revisional pode representar uma oportunidade de revisar e garantir seus direitos financeiros. Neste artigo, exploramos quem pode se beneficiar dessa ação, como ela funciona e quais teses jurídicas podem ser aplicadas.

Entre em Contato Conosco

Lembre-se de que cada caso é único, e é fundamental contar com o suporte de profissionais qualificados para orientá-lo durante o processo. Na Reis Advocacia, estamos prontos para ajudá-lo a alcançar o melhor resultado possível em sua ação revisional PASEP.

Entre em contato conosco agora mesmo e saiba como podemos ajudar você a proteger seus direitos como servidor militar.

Não deixe que seus direitos como servidor militar sejam negligenciados. Entre em contato agora com a Reis Advocacia hoje mesmo para obter orientações precisas e dar o primeiro passo em direção à sua ação revisional PASEP. Não espere mais, aja agora!

logo reis advocacia
Reis Advocacia

Reis Advocacia Sociedade de Advogados é um escritório com atuação nas diversas área do Direito, com especialistas preparados para melhor atende-lo, com sua atividade pautada na honestidade, ética, celeridade e eficiência.

2 Comentários

  1. Elizabeth Fagundes da Silva
    30/11/2023 at 3:14 PM · Responder

    Boa tarde, gostaria de saber como proceder os cálculos pra ingressar com a devida ação.

    • Atendimento ao cliente
      01/12/2023 at 9:46 AM · Responder

      Olá, Elizabeth Fagundes da Silva,

      Para ingressar com uma ação revisional do PASEP, siga estes passos:

      Obtenha Extratos do PASEP: Solicite ao Banco do Brasil todos os extratos do PASEP desde o início da sua contribuição.

      Análise dos Extratos: Verifique se as correções monetárias aplicadas estão corretas, comparando os índices usados pelo banco com os índices legais.

      Cálculo dos Valores Devidos: Calcule a diferença entre o valor recebido e o valor correto, com ajuda de um profissional em finanças ou contabilidade.

      Consultoria Jurídica: Consulte um advogado especializado para orientação legal e preparação da ação judicial.

      Espero que essas informações ajudem a esclarecer o processo.

      Se precisar de mais alguma informação ou assistência, estamos à disposição.

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *